POETAS

Captar um momento sublime com sensibilidade

Encantar-se com detalhes mínimos da natureza

E disso fazer belos versos com destreza

Só os poetas têm essa habilidade

Inebriar-se com um momento de sensualidade

De atração, carinho, boa vontade

Descrever o ato de amar com sonoridade

Sem vulgaridade ou maldade

Expor emoções, intimidades, sentimentos

Com a coragem ali exigida para se expressar, desabafar

Numa história sua ou não,

Só outros poetas sabem captar

É preciso saber ler o não dito

Entender o que a outros passa despercebido

Num jogo de palavras gritadas no silêncio, nas entrelinhas

Aquilo que nem sempre vale a pena ser estendido

Um poeta encontra em outro parceria, compreensão

Um alguém que faz dele um irmão

Que usa a arma, a cura mais perfeita da emoção

O ato de dividir com outro seu coração

Alda M S Santos