Busca

vidaintensavida.com

poemas e reflexões da vida cotidiana

Mergulhos

MERGULHOS

Mergulhar em nossas águas turvas
Adentrar espaços de escuridão
Alcançar o fundo de nossas angústias
É um modo de encontrar absolvição

Seres em constante evolução
Precisamos do que vem lá de fora
Aquilo que movimenta nosso interior
Nos atiça, anima, impulsiona, revigora

O outro aciona nossa fonte de energia
Aquilo que traz para nós o caos
De onde irá brotar a rosa da sabedoria

Conhecer o outro é necessário, importante
Também interessante saber o que se passa no exterior
Mas nada se compara a desvendar nosso próprio interior

Alda M S Santos

Bom mesmo

BOM MESMO

Bom mesmo é viver a vida
De tal modo que não deixe para ela saída
A não ser se aliar a nós
Nos ajudando a eliminar qualquer algoz

Bom mesmo é dar o melhor da gente
Para todos igualmente
E se isso parecer impossível
Que façamos, para tanto, todo o possível

Bom mesmo é cuidar direitinho
Com amor, respeito e muito carinho
Daqueles que recebemos como presente
Para dar sentido à vida da gente

Bom mesmo é ser agradecido
A tudo que nos foi consentido
Com sabedoria e muita calma
Aceitar o fim, quando chegar, com paz na alma…

Alda M S Santos

Prioridade

PRIORIDADE

A busca eterna pela felicidade
Passa por um caminho estreito
Tantas vezes queremos ser prioridade
E não há nisso nenhum defeito

Queremos comandar o querer
De quem ocupa nosso viver
Não dá para controlar no outro a vontade
Lutar por isso causa insanidade

Se não formos tão importantes
Para quem nos é prioridade
Viver dói, causa infelicidade

Mas bom é fazer de nós mesmos
Uma pessoa importante, sem igual
Que não nos abandona, não nos faz mal

Alda M S Santos

Ela caminha pela vida

ELA CAMINHA PELA VIDA

Ela caminha pela vida vestida de saudade
Saudade de tempos que não sabe bem definir
Talvez em que fosse mais real um sentir
Ou um desejo grande de fazer sorrir

Ela caminha pela vida vestida de brisa
Ora suave, leve, refrescante
Ora quente, envolvente, vibrante
Abraçando os sonhos, amante, delirante

Ela caminha pela vida vestida de amor
Transita em jardins, colhendo flor
Querendo ter asas como borboletas
Ou sendo a rosa daquele beija-flor

Ela caminha pela vida vestida de Lua
Só brilho, eclipses, fases
Corpo entregue, alma nua
Doce vida, belos sonhos em tons lilases

Ela caminha pela vida…

Alda M S Santos

Nunca!

NUNCA!

Estamos sendo convocados
Pelo nosso eu, nosso interior
A encontrar um meio de valorizar
O que realmente tem valor

Nunca fomos tão necessários
Para fazer uma boa avaliação
Do que em nós é precário
E do que carece evolução

Nunca fizemos tanta falta
Para nós,  para a humanidade
Saber que somos mais e melhores
Quando agimos pela coletividade

Nunca tanta carência se evidenciou
De fé,  de pão, de emoção e afeto
O momento é agora, já começou
Você não poderá fugir,  isso é certo

Alda M S Santos

SEDUÇÃO

SEDUÇÃO

A arte de algo ou alguém encantar
Atrair, enredar, fascinar
Usando os artifícios da beleza
Ou de uma atitude de valor e grandeza

Às vezes usa de recursos escusos
Pra conquistar, cometer abusos
Não é belo, machuca, é doloroso
Se não houver um caráter amoroso

No campo das vastas relações
A sedução envolve diversas emoções
Leveza e beleza dão a lenta sonoridade
É tênue a linha a separar encanto e vulgaridade

A sedução envolve uma química deliciosa
Essa é a de todas a mais valiosa
Onde não se nota quem seduz ou é seduzido
Encanto, magia, entrega, quase abduzidos

Alda M S Santos

Se um dia eu me perder

SE UM DIA EU ME PERDER
Se um dia eu me perder
Procure-me onde haja muito verde, muita mata, ar puro,
Se um dia eu me perder
Procure-me onde as águas sejam límpidas a refletir o céu,
Se um dia eu me perder
Procure-me num roseiral, em meio às borboletas azuis,
Se um dia eu me perder
Procure-me na alegria inocente de um grupo de crianças,
Se um dia eu me perder
Procure-me nos grãos de areia da praia ao pôr do sol,
Se um dia eu me perder,
E ainda assim não me encontrar,
Não busque em mim, olhe dentro de você,
Se me procuras, é porque me amou,
Se me amou de verdade, eu também te amei,
Certamente uma parte bonita de mim estará gravada em você,
Uma parte grande de você estará presa em mim,
E poderá levar-me a me encontrar…em você, em mim,
Comigo, com você!
Se um dia eu me perder de mim…
Alda M S Santos

Me leva

ME LEVA

Me leva com você para os caminhos que já trilhou
Para que possas me ensinar a ser feliz no conhecido
E a me alegrar com o que passou sem sofrimentos

Me leva com você por caminhos novos
Para que possas encantar-se junto a mim com novas descobertas
E fazer delas uma boa opção
Um rio de águas cristalinas a molhar os pés cansados

Me leva, melhor ainda,
Siga-me por caminhos que só eu conheço
Aqueles cujas trilhas marcadas por sulcos de sorrisos e lágrimas
Estão bem dentro de mim
Esperando por bons caminhantes

Me leva por qualquer caminho, qualquer um,
Havendo tristeza ou alegria, não pare!
Mas não me deixe na mão, não me desampare…

Me leva todos os dias, vida,
Com você poderei sempre aprender
Mas não me deixe ao léu
Ensina-me teus segredos
De continuar a existir
Quando tudo no entorno parecer ruir …

Me leva…

Alda M S Santos

Tudo que queremos

TUDO QUE QUEREMOS

Ora o coração quer passear na imaginação Deseja buscar prazer, emoção
Ora é a mente que comanda a ação
Nada de fantasia, prevalece a razão

Seres múltiplos que somos a pensar
O coração viaja, quer num bom lugar
Encontrar o amor para poder pousar
E ali para sempre ficar

A mente vai para frente e para trás
O que a gente quer é o que de bom ela traz
Do passado, futuro, presente, tanto faz
Ser feliz quero ser capaz

Alda M S Santos

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: