Busca

vidaintensavida.com

poemas e reflexões da vida cotidiana

Categoria

Uncategorized

Intimidade

INTIMIDADE

Intimidade é aquela relação prazerosa que cultivamos
Com quem nos é especial
Onde tudo podemos dizer, fazer, trocar
Sem nos envergonhar e, com isso, aliviar todo mal

Quem tem boas relações de amor, de amizade
Quase nunca é acometido pela solidão
Encontra nessa pessoa a disponibilidade
E a intimidade que complementa toda boa relação

A intimidade pede reciprocidade
Confiança que se abastece na troca, conexão
Nudez em sua totalidade
Intimidade não só de corpos, mais conhecida como paixão,
Mas intimidade de mente, sintonia
Principalmente, intimidade de almas, magia…

Uma boa intimidade de almas nunca se acaba
Vai além da vida…

Alda M S Santos

Onde o Sol nasce

Antologia Banhos de Lua
https://online.pubhtml5.com/wdzl/bjvl/

Iluminando

Antologia Banhos de Lua
https://online.pubhtml5.com/wdzl/bjvl/

Eu te diria

Antologia Banhos de Lua
https://online.pubhtml5.com/wdzl/bjvl/

Zoo

ZOO

Nesse mundo animal
Quero ser um bicho qualquer
Desde que bem selvagem e irracional
Guiado pelos naturais instintos
Sabedor do bem e do mal

Nesse mundo cheio de razão
Quero ser de outra espécie ou philo
Aqui não há vez para o coração
Não quero ser homosapiens
Abro mão, prefiro ser emoção…

Nesse mundo tão perdido
Descaminhos, escuros, vacilos
Onde tudo já parece falido
Quero de novo me encontrar
Entre bichos não corrompidos encontrarei abrigo

Fada do amor

FADA DO AMOR

Quisera ser uma fada com uma varinha de condão
Num leve toque de esperança
Fazer brotar a alegria, a emoção
Um desejo intenso de luz e reparação

Quisera ser uma fada do amor
Afastar o frio, mesmo em momentos breves
Em asas suaves e vestes leves
Voar por aí levando um toque de calor

Quisera ser uma fada da harmonia
Irradiar luz, e em cada cantinho, a alegria
Em beijos, abraços, carinhos, sintonia
Em doses elevadas de pura magia

Quisera uma varinha de condão
Com ela salvar o mundo da decepção
Ter sempre como objetivo a união
E trazer você para perto do meu coração

Alda M S Santos

Como fazer amor

Declamado no YouTube link abaixo

COMO FAZER AMOR

Fazer um poema é como fazer amor

É preciso interesse, desejo

Um olhar terno, talvez um pouco de pudor

Uma lenta aproximação, um beijo

E, no tempo de cada um, nasce o poema

Faz-se o amor…

Fazer um poema é como fazer amor

Não dá para ser de qualquer jeito

É preciso encanto, admiração

Captar a magia, a poesia, o pulsar do coração

E, com total entrega e paixão

Nasce um poema

Faz-se o amor…

Fazer um poema é como fazer amor…

Alda M S Santos

Deixe virar poesia

Minha revista de poemas em português e espanhol

https://online.pubhtml5.com/wdzl/olps/

Ele está aí

ELE ESTÁ AÍ

São tempos difíceis para a humanidade
Mas vocês já os conhecem bem
Certamente passaram por muitos
Tudo vai passar, vocês sabem também
É um vírus que assusta, machuca
Nos põe a pensar….
Mas logo iremos derrotar
Agora podem faltar abraços, carinhos
Um alguém especial com aquele jeitinho
De levar esperança e muitos beijinhos
Mas Ele sabe o que faz
Colocou-nos recolhidos para nos cuidar
Cada qual em seu espaço para a vida avaliar
E tentar melhorar para nós mesmos esse lugar
Mas Ele não nos abandona
Ele está conosco, aqui, está aí
Fechem os olhos, sintam Deus em vocês
Sentimos muitas saudades de cada um
Fiquem firmes, mantenham a fé
E logo a gente vai se encontrar
Cantar, abraçar, beijar, a vida partilhar
Amamos vocês…
Alda M S Santos

https://www.instagram.com/tv/B-IT3BLlZti/?igshid=1q93fqiliv3ix

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: