ALMA CIGANA

Uma alma cigana intensamente sensível
Viajante, livre, terna, meio imprevisível
Que dança, que canta, que o corpo balança
Atravessa o mundo buscando a contradança
Alma cigana que gosta de natureza
Se esbalda em intensa beleza
Vê o amor como único caminho da felicidade
Por ele se entrega, se mostra, é a pura verdade
Numa vida de sonhos, de realidade
De alegria, de força, de coragem
Fazendo por aqui uma vida de intensidade

Alda M S Santos