DEIXAR-SE AMAR
Que aprende-se a amar, todos sabemos
Mas aprende-se também a deixar-se amar
Ambas as ações se conectam, se interligam
Quem não sabe amar, não sabe aproveitar o amor que recebe
Amor bem dado e amor bem recebido se multiplicam
Aprende-se a receber amor, doando amor
E aprende-se a doar amor, amando, na prática.
Não há manuais ou receitas, talvez algumas experiências.
Ambas as vozes do amor são ativas
Não existe passividade no amor
Amor passivo é vida inativa!
Alda M S Santos