DORES

Qual a dor que mais dói em nós,
Aquela que nos isola, nos deixa sós?
A que corta laços, cria nós
Ou será a que o mundo todo escurece
E as cores já não nos enternecem?
Qual a dor que mais dói em nós
A que é forte, caráter pulsante
A que nos põe em luto, amargurante
A que nos torna um rio de lágrimas a brotar
Ou aquela que nos deixa tensos, sem lugar?
Qual a dor que mais dói em nós
Aquela em que culpamos a nós mesmos por ingenuidade
Ou a que a outros atribuímos, por insensibilidade?
Qual dor que mais dói em nós?
A que se cura com um chá e um analgésico
Ou aquele que pede mesmo é um colo, um abraço, doce anestésico?
Qual dor dói mais em nós?

Alda M S Santos