EM CADA QUARTEIRÃO

Uma igreja em cada quarteirão
Mostram a fé do povo, a devoção
Cada uma mais bonita, algumas centenárias
Com seus altares  e torres, muitas luminárias
Umas enormes, basílicas, outras capelas
Em cada coração brota uma prece singela
São histórias de um povo, de uma nação
Que teve sua base marcada na fé, na religião
Naquela imposta por medo, ou não
Assim as cidades foram crescendo
Em torno de suas igrejas, capelas e catedrais
Belos altares, ornamentos, paramentos e vitrais
A vida segue no seu entorno, rica ou pobre
Dos fiéis mais plebeus aos mais nobres
Bom mesmo, de verdade, é ser igreja
Carregar em si o amor e a bondade
A compaixão, a caridade e a solidariedade
Em cada esquina,  em cada quarteirão,  para cada irmão…

Alda M S Santos