DE FRENTE PARA O MAR

Não importa onde se esteja
Ali, pensamento fica cheio de atitude
Frente a ele tudo é de intensa beleza
Perdidos ficamos diante de sua magnitude

Não precisa haver sereia
Ele já tem seu próprio encanto
Num barco, na água ou na areia
Somos invadidos por seu canto

Em águas suaves ou bem revoltas
O mar parece nos chamar, hipnotizar
Dá para seguir, não mais voltar

Que há nesse misterioso lugar
Que não se cansa de enfeitiçar
E a todos nós querer levar?

Alda M S Santos