UM BANHO DE LUA

Fechei os olhos na quente e escura noite
Natureza rica, água refrescante
Apenas sentindo o brilho da Lua
Banhar meu corpo,  provocante

Em suaves versos ela me envolve
Busca encantar-me com sua poesia
Leva-me para outra galáxia
Num mundo mágico de quase heresia

Já ali entregue, quase rendida
Nessa doce troca, sem medida
Sou puro amor, por ela absorvida
Já não quero mais nada desse mundo
Já nada mais preciso dessa vida…

Alda M S Santos