DOMINGO É POESIA
Domingo é dia de acordar tarde
Ou de levantar com o sol, ser um girassol
É dia de observar a chuva no telhado
Sentir falta de um tempo passado
Domingo é dia de tudo ou nada acontecer 
De fazer hora ou deixar rolar o querer
Na cama quentinha,  debaixo do cobertor
É sorrir para a vida, agradecer, ir ver Nosso Senhor  
Dia de fugir da rotina, tomar sol na praça
Ou de pedalar e se exercitar na lagoa, de graça
É dia de brincar, sair, passear,  a família visitar
De paquerar, conquistar, amar
É dia de rever amigos, abraçar, ser abrigo
Domingo é dia de ler um bom livro
De assistir um bom filme no sofá ou no cinema
De ficar quietinho, fazer um poema
Domingo é, em si,  pura poesia…
Alda M S Santos