CATARSE

As letras iam saindo meio misturadas

Formavam umas palavras meio sem nexo

Juntas não pareciam fazer sentido algum

Mas ela sentia, sentia muito

Apertava o coração, doía a alma

Ainda assim, ela continuava

Deixava na tela do celular tudo que a incomodava

Tudo que estava “sobrando” dentro de si

Letras e mais letras, palavras, frases, versos

Iam se juntando, criando uma harmonia

Enfim, um poema… poesia…

Chorava, sentia-se mais leve

Meio esgotada, renovada, reabastecida

Assim funciona um poema catártico

Aquele que tem o poder de processar sentimentos

Construir, desconstruir, reconstruir

E fazer viver melhor

Poesia é terapia…

Alda M S Santos