POR AÍ

Por aí sigo captando belezas

Num cantinho qualquer

Sendo alvo das gentilezas

Apreciando o que de encanto há

Nas flores, nas cores, na pureza…

Por aí sigo captando a música

Que o vento sopra

Que os pássaros cantam

Que as árvores dançam

Aquelas que tocam lá fora,

Tocam cá dentro

E nos encantam…

Por aí sigo em busca da sintonia

Aquela que vem na percepção da poesia

Que nos faz frágeis, fortes

Que nos inebria, contagia…

Por aí encontro algo que todos buscam

Aquela que há nos momentos mais inesperados

Onde um desavisado só vê simplicidade

Eu encontro felicidade!

Alda M S Santos