NA PRAÇA

Na praça a vida passa

Rapidamente ou devagar

Pra lá e pra cá segue a massa

Sem parar, sem pensar

Na praça tem coreto, tem jardim

Tem igreja, santos e fiéis

Tem bancos, escadarias, ambulantes e cordéis

Tem flores, pássaros e jasmins

Na praça a vida se faz inteira, se faz pedaços

Tem paquera, beijos e abraços

Tem namoros e amassos

Tem alegrias, esperanças e cansaços

Bem ou mal, conscientes ou nem tanto

Vamos deixando nossas marcas

Enfatizando sorriso ou pranto

Nos corações dessa gente tão afoita

Tentando se fazer encanto…

Alda M S Santos