MUSA INSPIRADORA

A cada poema, uma musa

A cada verso, uma inspiração

Venha da natureza, da fé, da emoção

Da beleza ou grandeza do coração

“Eu sinto, só não sei escrever”- já ouvi dizer

Traduzir em palavras os sentimentos

Próprios ou dos outros não é coisa fácil de fazer

Exige muita sensibilidade e muito querer

De onde vem sua inspiração?

Todo poeta já ouviu essa questão

Cada qual com sua “musa” inspiradora

Nessa vida nada animadora

Quase sempre vem de algo ou alguém que viu

Viveu, sentiu, ouviu, observou, despertou os sentidos

Atiçou a emoção, acendeu a imaginação

E logo está pronto um poema

Carregado de vida, mente, paixão e alma em ebulição…

Qual sua “musa”da inspiração?

Alda M S Santos