SONHEI QUE TINHA ASAS

Sonhei um sonho tão doce, tão bom
Aqueceu meu coração, melodia de suave tom
Eu tinha grandes e belas e ágeis asas
Voava e voava, alma animada, não cansava

Eu escolhia aonde ir, onde o coração mandava
Eu ia voando alto e por ali pousava
Ficava conversando, brincando, namorando
E minhas asas no canto aguardando

Era um espaço de paz, luz, boa energia
Ninguém machucava ninguém, a vida fluía
A certeza de agir no, pelo e para o bem
Atraía outras asas a voar assim também

Pares e pares de de asas no mesmo voo
Um voo de amor, de doçura, eu nunca enjoo
As asas estão dentro de nós, sempre a esperar
Quando o coração quiser  é só acionar e voar…

Alda M S Santos
Tarde de Poesias: Sonhei que tenho asas…