SAUDADE: COMO SACIAR?

A saudade funciona assim
Vai se acumulando até não ter fim
Na impossibilidade de ser saciada
Aos menos em parte, deseja a alma lavada

Vontade danada de abraçar apertado
Ficar perto, carinho abençoado
Uma palavra, atenção, um cuidado
Mas esse vírus não deixa, é malvado

Os carinhos são com sorriso no olhar
De longe a gente se olha, se atrapalha
Entende que é preciso, sorri, se fala, se cala

E na fé de quem já muito viveu
Sabe que tempos mudam, tudo já aconteceu
Amar, esperar, virá um belo apogeu

Alda M S Santos