RECLAMAÇÕES
Não podemos reclamar das flores murchas no jardim
Se não formos bons e zelosos jardineiros
Não podemos reclamar da destruição das tempestades
Se nós mesmos ignoramos as advertências da meteorologia
Não podemos reclamar da solidão
Se nós mesmos não cultivamos bons e saudáveis relacionamentos
Não podemos reclamar da saúde
Se negligenciamos cuidados mentais e físicos
Não podemos reclamar do tédio da vida
Se não buscamos algo de útil para nos ocupar
Não podemos reclamar do sol que nos castiga a pele
Se nós mesmos derrubamos as árvores que nos dariam sombra
Não podemos reclamar de dores físicas
Se nós mesmos criamos a carga a pesar nossos ombros
Não podemos reclamar pelo que não temos, por ausência de amor
Se nós mesmos que fizemos nossas escolhas
E não cultivamos o bom que se apresentou
Até podemos reclamar, mas que as reclamações se convertam em mudanças
Necessário é que deixemos o que faz mal ser levado,
Que possamos receber de braços abertos o novo, o correto, que faz bem
Buscar ações que partam de dentro de nós mesmos,
E nos tornem, a nós e aos outros, mais felizes…
Alda M S Santos