NO CÉU AZUL

Qual seu sonho mais secreto
Que te deixa afoito, inquieto
Aquele que não se pode contar
E desperta vontade de poder realizar?

Qual seu desejo mais indiscreto
Que te faz caminhar por trilhas incertas
Que vai e volta, te anima, apavora
E na imaginação parece que você mora?

Qual seu segredo mais cativo
Que pode até te colocar em perigo
Mas sem o qual você não parece vivo?

O que é realidade ou ficção
Que te faz feliz, devanear,  sair do chão
Voar para sempre no céu azul da idealização?

Alda M S Santos