SABOTAGEM

Chorar quando algo machuca é normal

Mas viver cutucando a ferida é masoquismo

Ter medo daquilo que virou trauma é comum

Ficar esmiuçando o trauma em detalhes é maluquice

Errar é por demais humano

Mas ficar se auto flagelando por ter errado é desumano

Sentir saudade daquilo que não volta mais é até saudável

Mas deixar que isso impeça novo caminhar é patológico

Ter cuidado para não cometer os mesmos erros é sabedoria

Esconder-se da vida para não errar é autossabotagem…

Alda M S Santos