A FADA CHEGOU…

A fada chegou, veio de longe

De um mundo belo, de luz e varinha encantada

Trazia consigo a magia de uma vida sonhada

Onde nada é inalcançável

Tudo é possível de se obter

Se o desejo for forte o bastante para fazer acontecer

Crianças creem, pedem, ficam deslumbradas

A inocência e pureza delas já as torna encantadas

Tudo para elas é surreal, mágico, brilhante

Nada as faz desistir do que acreditam com fé bastante

As “crianças” crescidas entram nessa onda

E fazem seus pedidos, sem delongas

Aberta ou secretamente

Sorriem encabuladas, timidamente

Mas quem não tem um pedido para a fada madrinha

E não espera, com a porção infantil de sua alma,

Que tudo não se realize sob o poder da varinha

E traga para a vida mais calma?

Num mundo de realidades tão malvadas

Como nas histórias que ouvimos quando crianças

Faz sentido esperar também dos contos de fadas

A porção amor, magia, sonhos realizados e esperanças…

Alda M S Santos