SOMOS TODOS POESIA

Em nosso caminhar do dia a dia

Tristes, felizes, falantes ou calados

Tranquilos, afoitos, solitários ou acompanhados

Somos todos poesia…

Carentes, completos, amantes ou amados

Profundos ou superficiais, intensos nessa louca travessia

Juntos, separados, magoados ou abandonados

Somos todos poesia…

Doentes, sadios, loucos ou apaixonados

Sentados no caminho, subindo numa árvore, seguindo ou parados

Lutando por uma fantasia ou sofrendo de paralisia

Somos todos poesia…

Poesia aberta a quem possa apreciá-la

Poesia que carece de alguém que a leia, que a sinta

E possa transformar nosso avesso em versos

Que organize nossa confusão em rimas

E que faça de nós um poema, sua maior obra-prima

Somos todos poesia…

Alda M S Santos