TIMING

Tão triste é perder

Aquele instante certo

A conexão que se dá

Nos momentos mais incertos

Quando Lua e Terra se alinham

Na imensidão do universo

Também por aqui há pessoas

Num eclipse que se traduz em versos

Vagam astros, estrelas e planetas

Em rotação ou translação

Todos têm o timing ideal

Ora são luz, ora escuridão

O timing entre humanos é mais complexo

Vagam num céu individual

Buscam sintonias sem nexo

Num viver que se pretende plural…

Alda M S Santos