NA MEDIDA EXATA

Cresçam o tanto que crescerem

Busquem o que buscarem

Estejam onde estiverem

Alcancem alturas que eu não alcance

Conquistem Deus, a terra e o mar

Meu colo sempre vai aqui estar

Nunca será pequeno para os abrigar e acolher

E o coração, ah esse…

Esse é mágico, distende-se e encolhe-se

Na medida exata daquilo que os alegra ou machuca

Bate na mesma proporção do coração daqueles que gerou

E viu crescer…

Pelos quais aprendeu a, de joelhos, orar

A amar incondicionalmente

E a ficar mais próxima de Deus!

Alda M S Santos