QUE EU NÃO PERCA!

Posso até perder o emprego,

Mas que eu não perca a vontade de trabalhar

Posso adoecer, às vezes,

Mas que eu não perca a saúde física, a sanidade mental

Posso perder amigos, companheiros, familiares,

Ver pessoas importantes se distanciarem,

Mas que eu não perca a boa lembrança de todos e o desejo do reencontro

Posso até me decepcionar, derramar rios de lágrimas,

Mas que eu não perca a esperança e a fé Naquele que cuida de mim diariamente

Posso ver diluir-se no tempo até 50% do prazer de viver,

Mas que eu não perca a gratidão pelos 50% que restarem

Finalmente, que possa sempre reencontrar em mim mesma

A vontade imperiosa de viver e fazer sempre o bem,

De proteger os que me cercam, que de mim se aproximarem,

Deixar Deus agir através de mim,

Até independente de mim mesma, se necessário

E, em qualquer circunstância, dar o meu melhor

Para os outros, para os que amo, para os que me amam

Para mim mesma…

Alda M S Santos