Busca

vidaintensavida.com

poemas e reflexões da vida cotidiana

Tag

por do sol

O Chiado do amor

O CHIADO DO AMOR

Um maravilhoso pôr do sol se iniciava e ele começou:

-“Um dia o sol se apaixonou pelas águas do mar,

Elas eram tão lindas, refrescantes, de um azul tão intenso

Que ele não foi capaz de resistir”…

-…”As águas do mar sentiram os braços longos e quentes do sol

Durante todo o dia a acariciá-la e acabou por corresponder àquele amor”- ela continuou.

-“Porém, era um amor impossível, tão diferentes! Tão distantes!

Era inconcebível que ficassem juntos!”- ambos disseram.

-“Mas não conheciam a força e poder do amor, daqueles que queriam realmente ficar juntos.

Para poder ter o prazer de se encontrar com as águas do mar, o sol todas as tardes

Descia devagarzinho e deixava-se morrer para o mundo, por uma noite inteira,

Para ter o prazer de mergulhar e viver abraçado àquelas águas tão queridas”!

-“Por isso o pôr do sol é o símbolo dos casais apaixonados.

Dizem que casais que se amam de verdade são capazes de

Ouvir o chiado de prazer do sol ao tocar o mar quando se põe.”

– Isso é sintonia. Muitos casais possuem, mesmo de longe. Pena que hoje morrer de amor e matar por amor tenham uma conotação tão ruim!

-Isso porque o que chamam de amor pode ser tudo, menos amor!

E aquele casal que repetia esse ritual há quase 60 anos,

Levantou-se daquele banco à beira-mar e saiu de mãos dadas.

O sol começava a se encostar nas águas do mar e eles, sorrindo,

Ouviram: ttttssssssss, o chiado do amor!

Alda M S Santos

Pôr do Sol

PÔR DO SOL

Hora mais linda do dia, hora do sol se recolher no horizonte

Sereno, colorido e vibrante

Beleza poderosa, calmante, extasiante, reflexiva

Em meio à simplicidade e soberania da natureza

Só nos lembra do quanto somos pequenos e privilegiados

Perante tão grandiosa obra divina

Não importa como foi o dia, se sorrisos se abriram

Ou se lágrimas prevaleceram

Se foi de fé ou descrença, não importa

Sempre há esperança ao admirarmos o pôr do sol

É preciso saber se recolher, ceder a vez, adormecer

Para retornar em nova aurora, como novo presente recebido, nova energia

Independente se, encantados e sensibilizados, observamos ou não

Porque até mesmo para enxergar, apreciar e entender tal maravilha

Precisamos tê-lo aceso dentro de nós…

Alda M S Santos

Fonte de vida

FONTE DE VIDA

Sol: Nasce, aquece, encanta

Gera vida…

Mas tem o momento de repouso, de recolhimento,

Para retornar com o mesmo brilho após se por divinamente, 

Com o mesmo calor, com a mesma vida que se renova…

Ensinamentos da natureza:

A vida é cíclica!

Alda M S Santos

Poesia em gotas

POESIA EM GOTAS

A poesia vem em gotas, o orvalho na rosa, um sol poente, a lua que ilumina o céu, as estrelas a piscar..

O amor vem em gotas, um olhar, um abraço, um beijo, o desejo que gruda, um cuidado, uma palavra doce, uma saudade…

De gota em gota se misturam e inundam o coração da gente

Já não sabemos o que é poesia

Já não identificamos o que é o amor…

Apenas os sentimos aquecer nosso corpo, irrigar nossa alma

E fazer cada gota de vida valer a pena…

Alda M S Santos

Relógio para quê?

RELÓGIO PARA QUÊ?

Não há relógios, nem marcadores oficiais de tempo

Aqui, ele passa tranquilamente, sem pressa, sem cobranças

O sol se põe devagarzinho

Sabendo que oferece um espetáculo a todos, sem distinção

Não há necessidade de relógios, a escuridão cairá morosa, mas total

Os pássaros cantam chamando os filhotes “para dentro”, hora de dormir…

Bichinhos noturnos espreguiçam para começar a vigília

O cheiro do ar muda 

A brisa é diferente…

Vênus de um lado, a Lua do outro

Daqui a pouco, o céu salpicará de estrelas na imensa escuridão. 

Perco-me maravilhada em tão esplêndida simplicidade e beleza. 

Relógio para quê? 

Alda M S Santos 

 

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: