A COR DA POESIA

Qual a cor da poesia, da sua poesia?
Há pitadas coloridas de magia
Ou tem brilhos, reflexos, sintonia
Qual sua mais doce fantasia?

Sua poesia é quente, apaixonada
Escarlate, vermelha, encantada
Ou é branca, receptiva, criativa
Permite minha ação, é interativa

Que tal fazermos assim
Juntar minhas cores com suas cores
Uma bela mistura de dores e amores

Assim, quem sabe é possível
Realizar na poesia nossa aura multicor
E um mundo mais colorido, recheado de amor

Alda M S Santos