EMBALAGENS
Estamos sempre a buscar o amor.
Nessa busca desenfreada não percebemos
Que ele pode estar bem perto de nós,
Já ter passado ou ido embora.
Na maioria das vezes o ignoramos, negligenciamos,
Fazemos pouco caso, até o maltratamos.
É que o amor pode se apresentar em diversas embalagens:
Grandes, econômicas, foscas, brilhantes
Cheia de detalhes e chamativa,
Simples e sem cor …
E o aceitamos ou não pela embalagem.
Enquanto não valorizarmos mais o conteúdo
Que a embalagem em que se apresenta
Perderemos muitas oportunidades de sermos felizes.
Alda M S Santos