INVERNO GELADO
É frio, é inverno
O ar gelado atinge nossa pele
Atravessa nosso corpo
Tenta gelar até o coração
É inverno, a vida recolhida
Céu azul, sol que não esquenta
Não podemos deixar a alma ser atingida
É inverno, frio, gelado
Não dá para ficar desamparado
Uma sopa, um chocolate quente, um vinho
Um conhaque, uma lareira, um abraço quentinho
E frio, inverno, gelado
Bom aquecer os pés, enrolar num cobertor
Mas bom mesmo é manter a alma aquecida de amor
É inverno, se aqueça…
Alda M S Santos