VESTIDA DE AMOR
De que você gostaria de sair por aí vestida
Cobrir-se toda, encolhida, protegida
Ficar um pouco da vida escondida
Talvez mais calma, mais contida?
Pode vestir -se de flores, perfumadas, sem pudores
Ou prefere cobrir-se de água corrente, nada mais, água somente
Que tal sair por aí, vestida de coragem
Altiva, confiante, segura, bela plumagem
Pode vestir-se também de sorrisos
Rasgados, sinceros, nunca apagados
Mas bom mesmo é vestir-se de emoções
Das mais belas e doces sensações
Eu prefiro sair por aí vestida de amor
É uma veste sem cor, transparente
Que faz bem para a alma da gente
Como você queria se vestir por aí?
Alda M S Santos