QUARENTENA

Vou colocar um coração em quarentena
Isolado, afastado, separado para não (se) contaminar
Logo, logo ele se livra da pena
E poderá voltar a vibrar, a amar

Vou colocar um corpo em quarentena
Para acalmar músculos e nervos
A fadiga evitar, a inércia apagar
Em busca de uma vida mais amena 

Vou colocar uma mente em quarentena
Descansar, renovar,  reciclar, reavaliar
Evitar curtos-circuitos cerebrais
E voltar reenergizada, querendo mais

Vou colocar uma alma em quarentena
Apenas para ela acompanhar nessa missão 
Um todo de corpo, mente, coração  
E não deixá -los separados, sempre aliados

Vou colocar-me em quarentena
Para uma vida mais doce e  plena…

Alda M S Santos