SONHE!
Se a realidade parece intolerável
Está difícil manter a fé, acreditar
E a solidão está quase palpável
Sonhe!
Se o dia está muito nublado
À noite o céu não está estrelado
E você se sente abandonado
Sonhe!
Se o amanhã não dá para enxergar
O ontem já não permite voltar
A dor hoje não quer passar
Sonhe!
O sonho alimenta o coração
Renova a vida de esperança
Traz sossego, calma, renovação
Sonhe!
Mesmo que hoje pareça impossível
Sonhar reenergiza, anima
Quem sabe um dia tudo seja possível?
Permita-se sonhar…
Alda M S Santos