E O BARCO DA VIDA PARTE…

E o barco da vida parte

Leva quem tem coragem

Leves e com espaços a preencher

Ou pesados de tanta bagagem

E o barco da vida parte

Deixa a segurança do cais

Em busca de novas aventuras

Talvez de um novo caos

E o barco da vida parte

Vários rumos, vastos oceanos

E o que fica é a vontade

De ser feliz também nesse plano

E o barco da vida parte

Leva alguns, deixa outros

Na saudade do vivido

Do que ficou por viver

Do que há ainda para viver

E o barco da vida parte

Todos os dias, todo o tempo

Com ou sem passageiros e tripulantes

Nem sempre a contento

Ele parte…

Alda M S Santos