QUALQUER DEFEITO

É tão bom ser amado

Ainda que seja um pouco sofrível

Num mundo tão adoentado

É a única cura possível

Buscamos apenas reciprocidade

Amor é coisa de todo dia

Basta que se tenha vontade

Pra fazer do amor nossa alegria

Se a dor é de cansaço

Você pode fazer um cafuné

Se o que ataca é desesperança

Você pode injetar um pouco de fé

Se o mal é aflição

Você pode tirar com oração

Mas se a doença parece não ter jeito

Abrace, beije, acaricie, ame

Amor ajeita qualquer defeito

Alda M S Santos