HOUVE UM TEMPO

Houve um tempo em que os dias eram pequenos

Para tanto que se havia a fazer

Também houve um tempo em que eram tão longos

Por não saber exatamente o que fazer…

Houve um tempo em que percebi

Que a extensão dos dias está diretamente ligada ao prazer de viver

Hoje os dias têm o tamanho que têm de ter

E a eles eu me adequo, tendo ou não o que fazer

Sabendo que haverá um tempo

Que não notarei sua extensão

E nada poderei fazer

Exceto lembrar do que fiz ou deixei de fazer

Houve um tempo…

Alda M S Santos

Cachoeira do Tabuleiro- Conceicao do Mato Dentro