É BOM?

É bom quando nos torna pessoas do bem, quando desperta nossa melhor versão,

Mas se é algo que nos impede de ser ou fazer o que gostamos

Se é algo que nos desestrutura, mais entristece que alegra

Não é bom!

É bom quando aumenta nossa fé em Deus e na humanidade, aproxima pessoas e nos orgulhamos em fazer parte,

Mas se é algo que nos envergonha, frustra, amedronta

Não é bom!

É bom quando nos desperta para o amor e a solidariedade, a compaixão e a fraternidade,

Mas se nos faz criar “dívidas” sociais, familiares e emocionais muito pesadas,

Não é bom!

É bom quando queremos e podemos divulgar em “rede nacional”, contagiar a todos e levar a paz, amor e segurança que sentimos,

Mas se nos afasta dos outros, daqueles que amamos e nos querem bem

Mas, principalmente, se nos leva para longe de nós mesmos,

Para um lugar dúbio e sem volta

Se nos distancia daquilo que sempre tivemos orgulho em ser e fazer

Não! Definitivamente não é bom!

Oscilando entre o que é bom e o que não é, vamos vivendo

Caindo menos, derrubando menos ainda, ajudando, aprendendo, seguindo…

Viver é bom quase sempre!

Alda M S Santos

#carinhologos