Busca

vidaintensavida.com

poemas e reflexões da vida cotidiana

Tag

escrita

Escrevo

ESCREVO
Escrevo porque preciso
Quando estou segura ou em perigo
Ou quando tudo parece  impreciso
Escrevo para sanar o que machuca
O que aperta, fere, sangra
Escrevo para aliviar a cuca
Escrevo para extravasar os excessos
Angústia, ansiedade, medo, alegria
Escrevo para não haver retrocessos
Escrevo para espalhar belezas
Que habitam em mim, natureza
Escrevo para semear e captar pureza
Escrevo para partilhar o amor
Para levar emoção, calor
Num  mundo sem tanto pudor
Quero nos versos rabiscados na luz ou no breu
Ter registrado em tinta meu apogeu
Escrevo para cada dia me tornar mais eu…
Alda M S Santos

Prefiro falar de amor

PREFIRO FALAR DE AMOR

“Por que você não fala de política nos seus textos e poemas?”

Porque prefiro falar de coisas que “domino” e nas quais me sinto bem.

“Mas você não pode se omitir, você é ‘influente’ na nossa comunidade, nas escolas, no trabalho social”.

Gosto de falar de amor, de vida, de solidariedade, de família.

“Você não acha que tem uma certa responsabilidade social quando escreve”?

Exatamente por isso eu escolho não misturar as coisas.

Falo do que gosto, do que percebo ou sinto nos outros.

Falo daquilo que penso poder ajudar ou, ao menos, não atrapalhar.

“Não está sendo ingênua achando que se calar diante da política é ajudar?”

Não! Prefiro me calar diante de assuntos que envolvem paixão.

Política, futebol e religião envolvem mais paixão que razão ou amor.

Prefiro falar de amor, de natureza, onde me sinto mais à vontade.

“Fazer boa política não é também um modo de amar os outros?”

Talvez! Mas eu escolho fazer o amor de outras maneiras menos ácidas.

“Mas você não tem uma posição política”?

Sim, claro! Mas não tenho desejo de convencer ninguém de nada!

Mesmo ouvindo certas barbaridades, a meu ver, prefiro me eximir de opiniões.

Já há muitos “entendidos” por aí para opinarem…

Cada qual atua no campo que gosta, na posição que domina.

Usa as habilidades recebidas, com a camisa que defende,

Ainda que apenas no coração…

Alda M S Santos

Best-Seller

BEST-SELLER
Na vida nós escrevemos nosso conto de fadas.
Não há borrachas ou corretivos, não há como “desescrever”.
Apenas viramos a página e escrevemos novo capítulo.
Não há “felizes para sempre”.
Ora somos protagonistas, ora coadjuvantes,
Ora mocinhos, ora bandidos…
Por vezes, é uma comédia romântica, outras um drama,
Pode até se tornar um suspense ou uma tragédia,
Mas somos nós que construímos dia a dia nossa felicidade!
Com o papel, a caneta e a cor que dispomos e escolhemos.
Que seja um best seller!
Alda M S Santos

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: