Busca

vidaintensavida.com

poemas e reflexões da vida cotidiana

Tag

borboleta

Efeito borboleta

EFEITO BORBOLETA

Tanto ela passou para chegar até ali

Colorida, brilhante, linda, intensa

Livre, leve, voando e a tantos encantando

Quase pareceu morrer, se desfazer

Apertos, insegurança, luz e escuridão

Tempo de se recolher e esperar pela transformação

Em muitos momentos de dor e solidão

Chorou, sorriu, insistiu, não desistiu, acreditou

No valor da vida, no poder do amor, da criação

Precisou ser força quando a fragilidade queria reinar

Ser coragem onde o medo queria imperar

Ser luz onde a escuridão não deixava lugar

E, metamorfoseando-se, de lagarta à borboleta

De prisão à liberdade, de menina à mulher

Ei-las ali, lutando por sua melhor faceta!

Alda M S Santos

Metamorfose

METAMORFOSE

Vivemos em constante metamorfose

Somos como as borboletas

Mas nossas fases se alternam infinitamente

Tantas vezes como lagartas

Figurativamente, comendo tudo do mundo

Absorvendo, aprendendo, crescendo

Outras vezes nos encapsulamos

Estamos digerindo, abstraindo,

Transformando-nos dentro dos casulos

Protegidos do exterior, introspectivos

E, finalmente, borboletas

Livres, leves, coloridas e lindas a enfeitar jardins

Até chegar o fim…

Mas somos multi-fásicos, complexos

Umas partes de nós ainda são lagartas, agitadas

Outras eternos casulos, adormecidos

Em algumas já somos borboletas, livres e belas

Puro encanto!

Esse ir e vir nas nossas metamorfoses

Lagarta, casulo, borboleta

É que nos mantém vivos por aqui

Sempre há algo a absorver, a crescer

A nos metamorfosear…

E não adianta acelerar o processo

Ou ficar estacionado numa fase só

Sob pena de morte…

Não há borboletas sem lagartas famintas

Ou sem presas inertes num casulo

Respeitemos nossas fases…

Alda M S Santos

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: