Busca

vidaintensavida.com

poemas e reflexões da vida cotidiana

Categoria

legado

Álbum de família

ÁLBUM DE FAMÍLIA

É Natal, todos reunidos, muita gente

Mais uma foto para o álbum de família

Quantos estão ali dessa vez?

Crianças correm, brincam, alegram o ambiente

Uma oração, a ceia, a troca de presentes

Até mesmo entre os presentes há alguns ausentes

Alguns pares desfeitos, outros novos tentam ser perfeitos

Há quem foi embora, preferiu não estar ali agora

Alguns partiram para o outro lado da vida

Outros por aqui lutam para não perder essa briga

E o álbum da família vai aos poucos se renovando

Lembranças, saudades, esperanças Naquele que está chegando

Que Ele habite cada coração em cada lar

E que seja o mais importante nesse álbum

Independente de quem faça falta em seu álbum do coração

Ele é o único que veio para ficar

Feliz Natal!

Alda M S Santos

Heranças

HERANÇAS

Trazemos conosco muitas heranças

Que vêm passadas de geração para geração

Pais, avós, bisavós, tios, primos…

A cada dia notamos em nós algo de algum dos nossos ascendentes

Ou algo nosso nos nossos descendentes

Algumas características que amamos, necessárias

Que nos orgulhamos por possuir, por passar para frente

Outras como um apêndice inútil a ocupar espaço

E outras que até pagaríamos para devolver, por machucar, envergonhar

Heranças genéticas, físicas e mentais

Heranças emocionais, de personalidade

Heranças materiais, bens ou dívidas

Mas somos muito além do que herdamos

Nada vem tão fechado, imutável, inerte

Sobre o que herdamos podemos agir, transformar, melhorar

Ou piorar, dependendo do que fizermos

Personalidade não mudamos, mas podemos aprimorar

Características físicas podemos aprender a valorizar

Dívidas podemos pagar ou arrolar

Bens materiais podemos multiplicar ou conservar

E a capacidade de amar e evoluir é pessoal e individual

Sempre pode ser aprendida e aprimorada

E, quem sabe, a herança que deixarmos

Possa ser cada vez melhor?

Alda M S Santos

Legado

LEGADO

Mesmo com a certeza de que o que sempre apontei como grande decepção estar acontecendo

Preciso acreditar num legado importante a deixar

Num legado em que a confiança e amor não sejam superados pela tecnologia, por máquinas

Num legado em que o temor de tudo, a total desconfiança não se sobressaiam

Onde crianças sejam respeitadas em sua natureza infantil

Que encontrem em sua família a proteção que necessitem

Que idosos se orgulhem do vivido, não temam o futuro, não sejam abandonados

Tampouco se envergonhem do passado e presente perante filhos e amigos

Que adultos possam agir com consciência das marcas boas e ruins que deixam nas trilhas de suas vidas

Da (des)construção física e moral que realizam em si e nos outros

Do legado que estarão deixando por séculos

Não apenas um legado familiar, ou no seu pequeno círculo social,

Mas um legado para toda a humanidade…

Alda M S Santos

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: