AMOR QUE CONDUZ

Tudo parece tão fora de lugar
Ficamos sem chão, a divagar
Tudo está fora de foco, embaçado
Para onde ir, para que lado?

A esperança anda balançada
Em meio a tanta coisa errada
Está difícil essa parada
Vontade de fugir, fazer nada

Mas ela é intensa, poderosa
Brota do mais fundo de nós
De uma alma forte e vigorosa

A esperança no amanhã é a luz
Que ilumina o caminho, que reluz
Por e pelo amor que nos conduz

Alda M S Santos