VISTA-SE DE SONHOS

Não dá para perder as estribeiras
Mesmo se a vida nos passa rasteira
Melhor é seguir nessa estrada
Ainda que ela pareça estagnada

É bom poder curtir a paisagem
Não deixar pesar muito a bagagem
Se por aqui estamos de passagem
Melhor mesmo é curtir a viagem

Quando a alegria quiser minar
Ative a fé, nunca deixe de acreditar
A roda da vida nunca para de girar

Se a realidade parece muito crua
Expõe angústias, deixa a alma nua
Vista-se de sonhos, dispa-se para a Lua

Alda M S Santos