QUERO SER

Quero ser a melhor brincadeira
Naqueles momentos mais sérios
O sorriso nos momentos de apreensão
A lágrima nos instantes mais alegres
O abraço na hora de solidão

Quero ser o forte analgésico
Nas dores crônicas, no mal agudo
A resposta nas dúvidas existenciais
A placa de largada para os desanimados
A esperança para os sonhos tão naturais

Quero ser a fé e a luz brilhante
Nos breus intensos do caminho
A saudade no coração de alguém
A coragem que brota insistente
A doçura para o amargor também

Quero ser broto de amor
Sementes colhidas do coração
Plantadas em terreno fértil
Nascidas nas terras da imaginação
E perpetuadas no jardim dos irmãos em comunhão

Quero ser…

Alda M S Santos