ARTE DE VIVER

Desenhei no caderno da vida um sonho colorido

Pintei na tela da existência um cérebro bem resolvido

Bordei na colcha macia um amor fantasia, pura sintonia

Escrevi no seu coração um poema cheio de emoção

Depositei beijinhos no seu corpo, com carinho

Acendi na nossa estrada a luz da Lua, encantada

Para uma noite de amor, dancei suave, sem pudor

Criei uma letra, uma música, uma melodia, uma história de amor

Mãos postas, um silêncio, uma oração, gratidão

Com minha ajuda o destino escreveu na linha do horizonte nosso apogeu

Deixei registrada por aqui nossa passagem em arte magia, poesia

A vida e eu…

Alda M S Santos