SINAIS

A vida é repleta de bons momentos

Uns bem sinalizados até com holofote

Enquanto outros exigem uma certa habilidade

Uma destreza no caminhar, uma certa “maldade”para não tropeçar

Alguns têm sinais de livre passagem

Outros têm alerta de retorne, beco sem saída

Entender quando o sinal está fechado para nós

Ou quando está aberto é que nos faz evitar os nós

A vida vai dando as dicas, apresentando as pistas

Nesse jogo de várias fases, começos e finais

Viver é não desistir de encontrar esses sinais

Ou seguir com coragem e fé a despeito deles…

Alda M S Santos