NÃO É SORTE!

A mim dizem que é sorte

O acaso que agiu a favor

Mas ao avaliar o empenho empregado

Afirmo que conquistei tal valor

Insistem que sou mulher de sorte

Esse adjetivo não é o mais adequado

Lutei, busquei, confiei, conquistei

Nada foi subtraído ou roubado

Prefiro dizer que meu mundo foi abençoado

Podem afirmar que é sorte

Mas melhor acreditar que é dedicação

Um tanto de trabalho e amor

E coragem para enfrentar qualquer atribulação

Sorte ou azar são obras do acaso, da dúvida, do temor

Bênção é obra da fé, do trabalho e do amor

Não é sorte, é Deus!

Alda M S Santos