SOB O LUAR

Sob a luz intensa do luar

Quero relaxar, me entregar

A um banho quente, envolvente

Que afaste tudo da mente

Exceto o prazer de ser gente

Quero um banho de Lua!

Sob a beleza da Lua

Por uma noite sem fim, sem pudor

Ou por toda a vida, de alma despida

Poder sem medo me abrir, me expor

Preciso de um banho de Lua!

Sob o poder e encanto da Lua

Deixar tocar e brilhar em mim

Raios de amor, gotas de poesia

Da pele suave à alma nua

Pura magia…

Quero um banho de poesia!

Embriagada de poesia ao luar

Mergulhada na ânsia de amar

Um nostálgico desejo me faz te chamar

Não quer comigo também se banhar

No mar, sob o luar?

Precisamos nos banhar

De lua

De poesia

De amor…

Alda M S Santos