Busca

vidaintensavida.com

poemas e reflexões da vida cotidiana

Tag

Natal

Álbum de família

ÁLBUM DE FAMÍLIA

É Natal, todos reunidos, muita gente

Mais uma foto para o álbum de família

Quantos estão ali dessa vez?

Crianças correm, brincam, alegram o ambiente

Uma oração, a ceia, a troca de presentes

Até mesmo entre os presentes há alguns ausentes

Alguns pares desfeitos, outros novos tentam ser perfeitos

Há quem foi embora, preferiu não estar ali agora

Alguns partiram para o outro lado da vida

Outros por aqui lutam para não perder essa briga

E o álbum da família vai aos poucos se renovando

Lembranças, saudades, esperanças Naquele que está chegando

Que Ele habite cada coração em cada lar

E que seja o mais importante nesse álbum

Independente de quem faça falta em seu álbum do coração

Ele é o único que veio para ficar

Feliz Natal!

Alda M S Santos

O amor está no ar

O AMOR ESTÁ NO AR

Lista de sugestões de presentes para um amigo oculto

Uns nada sugerem, outros apontam inúmeras opções

E há ainda aqueles que optam por colocar o que não querem…

E se fosse uma lista mágica?

Se num vento norte vindo de um sopro especial

Ela pudesse se tornar real

Como nos pedidos ao gênio da lâmpada de Aladim?

E se alguma fada, bruxa, feiticeiro, anjo, mago

Dela se apoderasse como tarefa de Natal

Que você colocaria nessa lista?

Pedidos? Desejos? O que quer ganhar, afinal?

Ou optaria por colocar o que não quer perder?

Como você usaria essa chance de realizar algo?

Um sonho, um desejo, um pedido apenas…

De que você realmente precisa nesse Natal?

Fique atento! A magia está no ar…

O amor também…

Alda M S Santos

Natal é saudades

NATAL E SAUDADES

Percebemos que os filhos cresceram

Quando montamos sozinha nossa árvore de Natal

Ninguém cobrando, quebrando bolinhas, se encantando com o pisca

Fazendo a cartinha para o Papai Noel, contando os dias para o Natal…

Percebemos que o tempo passou quando

Não estamos mais respondendo como o Noel consegue atender a todos

Ou por onde passa quando não há chaminé

Ou se vai de avião quando não há trenós

Buscamos outras respostas, agora a nós mesmos:

Onde o tempo ficou, por que passou sem a gente perceber?

A mente passa da infância dos filhos para a própria infância…

Saudades imensas!

Volta para o ano que passou, revive tudo

Tanta coisa digna de sorrisos, lágrimas, superação, saudades…

Nota a presença de Deus em tudo, em cada detalhe

Não precisa de árvores, luzes ou enfeites

A luz está dentro de si, essa que precisa estar acesa!

Mas a árvore está quase pronta, seca as lágrimas…

Sempre amou essa época, alegra-se

Jesus vai nascer!

Que seja no coração de cada um de nós!

Feliz Natal!

Alda M S Santos

Árvore de Natal, árvore da vida

ÁRVORE DE NATAL, ÁRVORE DA VIDA

Muitas são as emoções ao se montar uma árvore de Natal.

Corações abertos, o ideal é que estejamos acompanhados ao fazê-lo.

Em família, entre histórias e risos de amor.

Cada enfeite representa alegria, expectativas:

Anjos, estrelas, laços, bolas coloridas, presentes, Noéis e trenós…

Sinos que nos lembram o momento sublime que ela representa.

Cada luz traz para nós esperança, renova a fé, mostra o caminho.

O Natal passa, desmontamos sem grandes emoções, esquecemos…

Poderíamos deixá-la montada em nossos corações.

A Árvore da Vida, para o Ano Novo!

Aquele sentimento gostoso de paz, união

Esperança, amor, fé

Solidariedade, compaixão, perdão

Carinho e vontade de fazer tudo dar certo…

Esses devem ser os “enfeites” da nossa árvore da vida.

Montada dentro de nós.

Para o ano todo…

E que cada luzinha continue acendendo em nós todos os dias

A lembrar que o Salvador nasceu

E que nos acompanha todo o tempo.

Feliz Natal o ano todo!

Alda M S Santos

Ele vai nascer…Feliz Natal!

ELE VAI NASCER…FELIZ NATAL!

Um sentimento bom, pacífico, solidário reina no ar

Chamem de espírito de Natal, de compaixão de época, até mesmo de puro comércio

Mas ninguém pode negar que enquanto ele dura tudo parece mais bonito

Quem se permite sente a presença Dele mais perto

Tempo de perdoar, de fazer as pazes, inclusive consigo mesmo

Tempo de reconciliações, de reaproximações

Tempo de gratidão…ninguém fica imune

Olhar para o ano que passou, as bênçãos recebidas

As oportunidades de crescimento

As inúmeras “segundas” chances a nós oferecidas

A família ali reunida, independente se falta alguém

É um momento família, quer seja a de sangue

Ou aquela que escolhemos para viver…

Família é bênção divina, é amor de Deus por nós na terra

Família é laboratório onde o amor é testado e aprovado

Num constante vai e vem…

Ninguém passa incólume!

Quem não a tem, esse é o momento em que mais fica nítida sua falta…

Que Ele possa chegar e entrar em nossas casas

Em nossos corações

E fixar morada ali para sempre…

Feliz Natal a todos!

Alda M S Santos

Em cada coração, uma manjedoura

EM CADA CORAÇÃO, UMA MANJEDOURA

Ele está nos asilos, nos dormitórios

Em cada semblante saudoso e olhar sofrido de um idoso

Ele está nos orfanatos, nos pequenos órfãos

Nos olhinhos brilhantes e esperançosos

Ele está nos hospitais, nos leitos

Na batalha daqueles cujo corpo luta pela vida

Ele está nos presídios, na revolta das celas

Onde a maldade e os erros reinaram e a esperança míngua

Ele está debaixo das marquises

Em meio aquela tranqueira dos moradores de rua

Como sempre, Ele está onde mais precisam Dele

Ele está onde há uma alma que luta pela vida

Ele está aqui e nem sempre é notado

Ele está onde sempre esteve: amparando e resgatando necessitados

“Ele está à porta de nosso coração e bate

Se abrirmos Ele entrará e ceará conosco”

É Natal!

Ele quer renascer em cada um de nós!

Onde quer que a gente esteja, estejamos como estiver

Que façamos de nossos corações sua manjedoura

E tudo poderá ser melhor!

Alda M S Santos

Aquela estrela

AQUELA ESTRELA

São muitas as luzes por todos os lados

Nas árvores, nas praças, verdadeiras artes coloridas

Anjos, estrelas, cascatas, presépios

Papai Noel, presentes, renas e trenós

Criatividade e habilidade artística a mil

Noel descendo dos telhados das casas

Fachadas de mansões e casinhas iluminadas

Todas têm ao menos uma árvore com pisca-pisca

Atraem admiradores, visitantes e apreciadores do Natal

Mesmo nos exageros…

Pensar que mesmo tudo tão lindo e enfeitado

Só faz mesmo sentido se alguma luzinha dessas aí

Acender dentro de nós, lá no fundo

E nos guiar pelo caminho do amor, da fé, da compaixão

Maria e José foram guiados por uma única estrela

E encontraram na simplicidade o caminho

Do amor maior do mundo!

Que encontremos essa luz em meio a tantas lâmpadas coloridas….

Alda M S Santos

 

Então…é Natal!

ENTÃO…É NATAL!

Então…é Natal!

Corações mais solidários, mais receptivos, mais abertos

Humanidade à flor da pele, contagiante, espírito do bem

Disseminação de amor e compaixão

Abraços, carinho, prosa boa, atenção

Peito apertado, fragilizado, presentes, presença

O amor está no ar…

O amor está em cada um de nós

É Natal!

Ele começa de verdade quando o permitimos brotar em nós

Alastrar, crescer e se multiplicar no outro

Se bem plantado e cuidado

O Natal pode durar o ano todo, uma vida inteira

Que Ele renasça em cada um de nós todos os dias

Feliz Natal, amores!

Alda M S Santos

#carinhologos

Um dia especial

UM DIA ESPECIAL

Hoje é dia de emoções afloradas

Dia de extremos: muita alegria ou muita dor

Dia de saudades, de gratidão, de compaixão

Natal é o ápice do ano, onde tudo de bom ou ruim retorna

Retrospectivas, reavaliações

Em forma de cobranças, arrependimentos ou satisfação…

Reencontros…

Crianças, jovens, adultos e velhos num mesmo espaço

Choque saudável de gerações, sem segregações

Desconsiderando os excessos e comércio

É uma época de amor, de corações solidários, de perdão

Por que não pode sempre ser um dia de Natal?

Podemos renascer junto Dele naquela manjedoura todos os dias!

Que todos os dias sejam especiais!

Feliz Natal, amigos!

Alda M S Santos

Boa menina?

BOA MENINA?

A pergunta de todo dezembro: fui uma boa menina?

Fui correta, obediente, solidária, amiga, não magoei as pessoas?

Relevei dores, mágoas e decepções? Fui forte?

Soube dar amor sem distinção, ser digna do amor recebido, confiar, ser o colo procurado?

Aceitei as diferenças, tive paciência e tolerância, respeitei as falhas alheias?

Escolhi bem meus caminhos? Fiz alguém feliz?

Aprendi com os erros, aceitei a vida, segui em frente?

Ho, ho, ho!!!

Melhor dar o presente para alguém mais certinho…

Quanto a mim, eu me contento em ganhar fé, disposição e esperança

Em ser meu próprio presente redescoberto e desembrulhado

Tentar ser minha melhor versão para os outros, para mim mesma

Esses serão presentes sempre bem vindos, em dezembros ou janeiros…

Feliz Natal!!!

Alda M S Santos

Natal e Saudades

NATAL E SAUDADES

Percebemos que os filhos cresceram

Quando montamos sozinha nossa árvore de Natal

Ninguém cobrando, quebrando bolinhas, se encantando com o pisca

Fazendo a cartinha para o Papai Noel, contando os dias para o Natal…

Percebemos que o tempo passou quando

Não estamos mais respondendo como o Noel consegue atender a todos

Ou por onde passa quando não há chaminé

Ou se vai de avião quando não há trenós

Buscamos outras respostas, agora a nós mesmos:

Onde o tempo ficou, por que passou sem a gente perceber?

A mente passa da infância dos filhos para a própria infância…

Saudades imensas!

Volta para o ano que passou, revive tudo

Tanta coisa digna de sorrisos, lágrimas, superação, saudades…

Nota a presença de Deus em tudo, em cada detalhe

Não precisa de árvores, luzes ou enfeites

A luz está dentro de si, essa que precisa estar acesa!

Mas a árvore está quase pronta, seca as lágrimas…

Sempre amou essa época, alegra-se

Jesus vai nascer!

Que seja no coração de cada um de nós!

Feliz Natal!

Alda M S Santos

Nem Papai Noel escapa!

NEM PAPAI NOEL ESCAPA!

Onde foi parar a fantasia?

Nem Papai Noel escapa da violência!

As balas acabam e Noel é apedrejado por crianças em vila em SP.

Tudo bem, Papai Noel é uma “mentira”, alguns dirão!

“Isso é apenas comércio”, outros completarão!

Mas quem nunca acreditou que atire a primeira pedra!

Ops! Não literal!

Triste realidade de nossas crianças!

Quem nunca foi feliz com essa fantasia?

É uma fase tão boa, tão inocente!

Acreditar que o bom velhinho poderia colocar presentes e guloseimas no sapatinho deixado na janela…

Uma boneca plástica pelada que fosse, um bambolê, um carrinho qualquer…

Acreditei por um bom tempo, meus filhos acreditaram…

E fico brava com quem tira esse direito de uma criança!

A realidade nua e crua bate às nossas portas tão cedo

Que um pouquinho de fantasia não faz mal a ninguém

Além de nos ensinar a fugir da realidade quando preciso!

Alda M S Santos

É Natal! 

É NATAL!!!

Que a essência não se perca… 

Que Jesus seja o verdadeiro aniversariante… 

Que Ele se faça presente em cada família, em cada coração! 

Que o Natal de cada um de nós tenha mais amor e amigos e que haja mais paz, fé, esperança, otimismo e renovação! 

Esses são os verdadeiros presentes : amigos e um amor verdadeiro, simples e gratuito, que não espera nada em troca. 

FELIZ NATAL A TODOS!

Alda M S Santos

O  Natal do Aniversariantes 

O NATAL DO ANIVERSARIANTE

Algumas vezes preferimos fingir

Ignorar aquilo que nos machuca

Esquecer aquilo que nos incomoda

Fechar os olhos para a tristeza que se avizinha

Não nos importarmos com a miséria que vemos ao nosso lado

Passar a vez quando nos pedem ajuda

Virar as costas para as oportunidades que surgem de crescimento

Consolando um amigo

Abraçando um irmão

Dando pão a quem tem fome

Roupas a quem está nu

Sorriso e atenção a quem está só

Colo a quem chora

Orientação a quem está perdido

Amor a quem está carente…

Porém, encarando o que se apresenta de frente

Tudo torna-se mais fácil

E quando uma criança disser “veja o Natal, mamãe”,

Apontando para as luzes que enfeitam a cidade 

Possamos mostrar o Natal que existe num coração bondoso e repleto de amor!

O Natal que o Aniversariante quer de nós nos 365 dias do ano. 

Feliz Natal! 

Alda M S Santos 

Papai Noel existe?

PAPAI NOEL EXISTE?  

Ouvi uma discussão calorosa e acirrada sobre a fantasia das crianças em Papai Noel. 

Um lado afirmava que criança merece acreditar, que é prazeroso, fase única. 

O outro dizia que é comércio, que os pais trabalham para outros levarem o crédito, que é mentir e tal.

E a discussão seguia…

Pensei nos meus filhos, na alegria que ficavam fazendo cartinhas, aguardando o Papai Noel nas noites de Natal. Fantasia pura! 

Lembrei dos meus alunos que falavam que Papai Noel não podia dar tudo que a gente queria, “porque tem muitas crianças né, professora?”

Recordei de mim mesma contando os dias para o Natal, colocando o sapato debaixo da cama para Papai Noel trazer qualquer presente que eu amasse. 

Até hoje, pra mim, cheiro de brinquedo plástico lembra Natal. 

Por tudo isso, penso que é valioso manter a fantasia infantil. Elas terão a vida inteira para se ocupar da realidade, nem sempre doce, quase sempre dura. 

Além do mais, a fantasia é essencial ao desenvolvimento infantil. Possibilita maior confiança e cria bases mentais para enfrentar o mundo real. 

Condições financeiras precárias não são justificativa para tirar essa alegria da infância. Pelo preço de uma caixa de cerveja compra-se um brinquedo. 

Não temos o direito de tirar as levezas desse mundo, do mundo infantil.

E, o mais importante nisso tudo, é aliada à crença no Papai Noel, a criança saber que Natal é nascimento de Jesus, que os presentes representam apenas parte de uma vida de amor e carinho que Ele quer para nós. 

Papai Noel existe, sim!Enquanto houver uma criança a sorrir feliz ao pensar nele. 

Feliz Natal! O Menino Jesus vai nascer!

Alda M S Santos

Uma estrela a guiar

UMA ESTRELA A GUIAR

Há 2016 anos uma estrela indicava no céu onde nasceria Aquele que viria para nos ensinar tudo sobre o amor, a bondade, a compaixão, a simplicidade… 

Por amor, morreria por nós. Pedro O negou três vezes. 

Quantas vezes O temos negado desde então? 

Se Jesus Cristo aparecesse em carne e osso nesse Natal, o que teríamos a dizer em nossa defesa?

Tornamos o mundo melhor do que há 2016 anos? 

Há mais amor? Solidariedade?Compaixão?

Teríamos coragem de encará-Lo nos olhos?

Ele pode estar naquela criança faminta, no olhar solitário de um idoso, na mãe que busca conforto numa ajuda qualquer, num pai que chora o que não pode dar aos seus filhos. Um olhar nosso um pouco mais cuidadoso nos fará enxergá-Lo! 

Estejamos atentos! 

Alda M S Santos

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: