Busca

vidaintensavida.com

poemas e reflexões da vida cotidiana

Categoria

Oração

Vamos pedir!

VAMOS PEDIR!

A Deus, que nos ampare, console e oriente com seu amor
Aos cidadãos que saibam lidar com tristeza e dor
Que não usem disso para ferir seu semelhante
É preciso agir com sabedoria e doçura, como um infante

Que a luz possa iluminar de dentro para fora
Que possamos lutar pelo bem, sem demora
Que saibamos identificar o bem de verdade
Para não gastar munição na maldade

Amém!

Alda M S Santos

Ele vê!

ELE VÊ!

Ele tudo sabe, tudo vê, tudo pode
Mas preferiu acreditar em nós
Em nos permitir crescer, ser mais e melhores
Aquilo que tentamos esconder… Ele sabe
As lágrimas que tentamos engolir… Ele seca
O desejo que tentamos suprimir…Ele entende
A energia que falta…Ele devolve
A escuridão que toma conta…Ele ilumina
A fragilidade que surge… Ele fortalece
A vontade de desistir…Ele renova o seguir
A descrença que assola…Ele cobre de fé
Para o cansaço que desanima…Ele é colo
Para a carência e solidão…Ele diz “estou contigo”
Para quem está faminto…Ele é alimento
Para quem tem sede…Ele é água pura
Para quem está perdido…Ele é o caminho
Para quem se sente numa farsa…Ele é a verdade
Para quem se sente apagar…Ele é a vida
Para o desamor e inexistir…Ele é o mais puro amor!
Ele tudo sabe, tudo pode, tudo vê
Mas preferiu acreditar em você!
Contemos com o Pai
O caminho é a oração!
Amém!

Alda M S Santos
Sarau da Oração

Ajuda, Pai!

AJUDA, PAI!

Preciso falar de tudo que está em meu coração
Coisas que magoam, sufocam, causam má sensação
Quero dividir com o Pai, com a Criação
Tenho medos, desejos, isso aqui não está bom não!

Ajuda, Pai, você é meu apoio, minha alegria, minha gratidão!

Sento num canto qualquer
Deixo vir à mente tudo que quiser
Sem freios, abro as portas da alma
A Ele levo tudo com bastante calma

Ajuda, Pai, você é meu apoio, minha alegria, minha gratidão!

Falo de minhas angústias e desesperanças
Das guerras internas e externas, das andanças
Expresso minha infinita gratidão
Por acreditar em mim, estar em minha solidão

Ajuda, Pai, você é meu apoio, minha alegria, minha gratidão!

Como amigos de sempre, de todas as horas
Digo a Ele que sei que nunca vai embora
Meu coração suave, mais leve, de verdade
Diz, Pai, meu amor é infinito, perdão pela fragilidade!

Ajuda, Pai, você é meu apoio, minha alegria, minha gratidão!

Alda M S Santos

Vamos todos juntos orar!

VAMOS TODOS JUNTOS ORAR!

Vamos todos juntos orar!
As coisas parecem fora de lugar
Tudo trocado, o bem não é valorizado
Doenças que chegam, pandemia matando
A lição não se firma, o povo guerreando

Vamos todos juntos orar!
Pedir que o amor tenha seu lugar
Que brote em cada coração a chorar
Que as lágrimas não embacem o caminho
Mas que ensinem todos um novo jeitinho

Vamos todos juntos orar!
Que possamos exercitar a compreensão
Sabedores que todos têm o tempo de evolução
Não vale ser dono da verdade, usar imposição
A doçura tem poder, muito mais que opressão

Vamos todos juntos orar!
Em prece Jesus há de nos abençoar
Nos fortalecer, ensinar a caminhar
Lembrar da maior lição de amor
Somos irmãos, não nos matemos, por favor!

Alda M S Santos

Coração em prece

CORAÇÃO EM PRECE

Um momento de profunda reflexão
Buscando o que vai lá no fundo do coração
Elevo a Deus minha prece de gratidão
E coloco uns pedidos no altar da oração

Que fazer com gente que só pensa na maldade
Que não se irmana, a guerra é sua verdade
Peço ao Pai que nosso coração seja capaz
De permanecer no bem, saber espalhar a paz

Pai, não nos deixe seduzir por aquilo que é vão
Mantenha viva a fé de ver no bem a realização
Afaste de nós o desejo de luta e competição

Senhor Jesus, Pai de toda criação
Plante amor nos cantos desse mundão
Conte comigo, possa ajudar regar a plantação

Alda M S  Santos

Post Destacado

Me abrace forte!

ME ABRACE FORTE

É hora de falar com o coração
Deixar a alma se entregar em oração
Sabemos que nesse momento de reflexão
Não são apenas pedidos, é também gratidão

O pensamento expresso em palavras é ouvido
Mas é tão sublime, o silêncio também é percebido
Nessa conversa de amor nada fica escondido
Seja alguém expansivo ou aquele bem contido

Deixo meu coração falar, as lágrimas rolarem
Peço perdão se deixei me atormentarem
Sei que a perfeição é meta impossível
Mas ainda sigo tentando dentro do possível

Um pedido ao céu, ao mestre Jesus
Mantenha meus anjos, acenda minha luz
Se eu pensar em desistir, me coloque no colo
Me abrace bem forte, não quero viver solo

Alda M S Santos

Paz e Luz

PAZ E LUZ

Será que é preciso atravessar uma ponte
Lançar o olhar o mais distante possível
Deixar o coração procurar no horizonte
A paz que às vezes parece impossível?

Queremos tanto um mundo de paz
Que nos faça bem, que seja eficaz
E nos torne uns para os outros a luz
Aquela brilhante que nos ensinou Jesus

Um caminho iluminado e abençoado
Humanos mais solidários, bem amados
Quero ter para sempre ao meu lado

Que o olhar que busca a paz no interior
Que transmite luz para o mundo exterior
Transforme vidas pelo amor de Nosso Senhor!

Alda M S Santos

Blindar a emoção

BLINDAR A EMOÇÃO

Tantas vezes cremos ser blindados
Fortes, resistentes, protegidos
Até nos sentirmos ameaçados
Sem identificar ao certo o mal sofrido

Só sabemos que fomos atingidos
O que parecia tão firme está abalado
Fragilizados, chorosos, feridos
Parece mesmo trabalho encomendado

Quanto mais se mexe mais se dói
Todo remédio parece não surtir efeito
Se foi serviço mandado parece bem feito

Sempre bom estar em sintonia com o bem
Cuidar da alma, do coração, ser união
Com fé e oração, blindar a emoção

Alda M S Santos

Hoje rezei por você

HOJE REZEI POR VOCÊ

Hoje rezei por você

Como faço sempre há muito tempo
Pedi a Deus que o ilumine e proteja
Que não se deixe dominar por atitudes impensadas
Que não se entregue a vãs filosofias
Que honre sua história, seu passado
Que não decepcione os tantos filhos que de ti dependem

Hoje rezei por você

Pedi a Deus para não deixá-lo perder sua nobre grandeza
O espírito bondoso, solidário e camarada
A receptividade, o acolhimento, a capacidade de abraçar a todos
Ainda que não esteja tão bem

Hoje rezei por você

Sinto que anda precisando de orações mais do que nunca
Pedi a Deus para protegê-lo daqueles que querem te derrubar
Para mantê-lo na trajetória do bem
Para te entregar nas mãos daqueles que querem te fazer crescer
Sem ser preciso excluir ou retirar nada de ninguém

Hoje rezei por você

Porque quando você está bem
Eu também fico bem
E milhares de famílias ficam em paz e harmonia
Hoje rezei por você
Como faço há muito tempo
E continuarei para sempre a pedir a Deus
Que você, meu Brasil, não caia nas tentações do mal
Que resista e não se deixe abater ou dominar
Que esteja a salvo e proteja seus milhões de filhos brasileiros

Hoje rezei por você, Brasil que amo!

Alda M S Santos

Hoje rezei por você

HOJE REZEI POR VOCÊ

Hoje rezei por você

Como faço sempre há muito tempo

Pedi a Deus que o ilumine e proteja

Que não se deixe dominar por atitudes impensadas

Que não se entregue a vãs filosofias

Que honre sua história, seu passado

Que não decepcione os tantos filhos que de ti dependem

Hoje rezei por você

Pedi a Deus para não deixá-lo perder sua nobre grandeza

O espírito bondoso, solidário e camarada

A receptividade, o acolhimento, a capacidade de abraçar a todos

Ainda que não esteja tão bem

Hoje rezei por você

Sinto que anda precisando de orações mais do que nunca

Pedi a Deus para protegê-lo daqueles que querem te derrubar

Para mantê-lo na trajetória do bem

Para te entregar nas mãos daqueles que querem te fazer crescer

Sem ser preciso excluir ou retirar nada de ninguém

Hoje rezei por você

Porque quando você está bem

Eu também fico bem

E milhares de famílias ficam em paz e harmonia

Hoje rezei por você

Como faço há muito tempo

E continuarei para sempre a pedir a Deus

Que você, meu Brasil, não caia nas tentações do mal

Que resista e não se deixe abater ou dominar

Que esteja a salvo e proteja seus milhões de filhos brasileiros

Hoje rezei por você, Brasil, que amo! 🇧🇷

Alda M S Santos

Amanheceu

AMANHECEU
Amanheceu! O sol invade a janela do meu quarto.
Uma oração de agradecimento..
Que dia é hoje?
O que faz com que hoje seja diferente dos demais?
Não é o dia da semana, férias, sol ou chuva…
São as expectativas que coloco sobre ele.
É o modo como agirei sobre ele, com a ajuda Dele!
Somos nós que fazemos nossos dias, nossas vidas.
Abro os olhos, abro a janela, abro-me para a vida!
Bom diaaaa! ❤️
Alda M S Santos

Quero ficar aqui!

QUERO FICAR AQUI! 

Ah, quero ficar aqui. 

Coração angustiado, cabeça pesada, corpo dolorido, vontade de hibernar como um urso. Tempo indeterminado.

É preciso que o desejo de nos “levantarmos” apareça primeiro no coração, na mente, para que o corpo obedeça.

Vontade de ficar aqui! 

Por quê? Sei lá! 

Ignoro o -“Vamos, um lindo dia te aguarda lá fora!”- que ouço de uma vozinha interior. 

Quero o direito de me entristecer, de chorar, de me lamentar, de gritar, de ter dúvidas, de ser preguiçosa, se for o caso. 

Quem disse que precisamos ser fortes todo o tempo? 

Quero virar para o canto, enfiar-me embaixo do edredom, voltar-me para mim mesma. 

Tantas vezes precisamos dessa limpeza! Que seja à base de orações, reflexões, lágrimas ou cama! 

Que o trabalho espere! Que o mundo espere! 

Eu sem mim mesma não sou nada para ninguém! 

Até breve! 

Alda M S Santos 

Acordando

ACORDANDO

Acordar, preparar um café, ir à padaria.

Sol alto, quente, brilhante

Domingo, poucos se levantaram,

Menos ainda estão nas ruas.

Sem correrias, observar quem passa.

Uns ainda sonolentos, meio emburrados.

Aqueles que dão o bom dia, sorridentes.

Outros que parecem vir de uma noite na farra,

E os que já trabalham, me recebem na padaria. 

Lanço um olhar “avaliador” sobre cada um e questiono:

Qual será o olhar que lançam sobre mim? 

O que veem?

O que pareço a cada um deles? 

Cheios de pré-conceitos, tantas vezes olhamos assim nossos irmãos. 

Julgamos.

Nesse lindo domingo,

Só dois pedidos a fazer:

Que eu possa ver cada um como Jesus vê: além da aparência,

Na impossibilidade, que possa tratá-los como Deus trata.

Se merecedora, que seja também digna desse olhar e tratamento.

Bom dia, filhos de Deus! 

Alda M S Santos

O que nos torna humanos? 

Observando o corre-corre da vida diária, seja na rua, na família, no trabalho, nos jornais ou na TV, ninguém seria capaz de negar o quanto as desigualdades são inúmeras. Vemos pessoas diferentes: altas, baixas, gordas, magras, brancas ou negras, entre outras. Possuem em comum o fato de serem seres humanos. Isso deveria, a princípio, dar a elas as mesmas condições de evolução física, psicológica, espiritual ou material. Na prática não é o que acontece. O que determina que algumas pessoas tenham mais habilidades, dons e capacidade de conquistas que outras? Veio em seu DNA? Recebeu de Deus? Foi desenvolvido? 

Se veio no DNA, não escolhemos. Se recebemos de Deus, qual seria o critério por Ele utilizado para fazer tal distribuição, considerando-O um Deus de amor? Se é desenvolvido pelas pessoas, seria a partir de que base? 

Sabemos que, via de regra, as pessoas com saúde física e mental, espiritualizadas e com algumas conquistas emocionais e materiais são mais felizes. Enfrentam com mais recursos as adversidades que se apresentam. Delas poderia ser “cobrada” uma atitude mais positiva perante a vida.

Mas, e aquelas que desde o nascimento já são acometidas pelos problemas: miséria física, material, emocional, espiritual? Vêm de um lar onde reina a pobreza extrema, em todos os aspectos da vida humana? Falta-lhes alimento para o corpo e para a alma. Seria justo que se cobrasse delas, com o mesmo rigor, a mesma evolução das demais? 

Há aqueles que acreditam que somos um mesmo espírito vivendo em vários corpos, várias vidas, e que estaríamos, de acordo com a evolução de cada um, resgatando dívidas passadas, daí viriam as diferenças. Cada religião explicaria de uma forma diferente as desigualdades. Certo é que quem professa uma fé, conforma-se melhor com a própria situação e é até feliz.

Religiões à parte, o que temos pra lidar são as desigualdades que batem às nossas portas, invadem nossas casas, corpos e mentes de todas as maneiras. Independente de qual seja a causa das diferenças, podemos minimizá-las. Seja qual for a situação em que nos encontremos, sempre haverá alguém melhor ou pior que nós, que tem mais ou que tem menos, que pode mais ou que pode menos. 

Cabe a nós, então, manter os olhos em trânsito: lá na frente, para crescermos sempre, lá atrás, para oferecer a mão a quem tem menos.

Se a humanidade que nos faz uma espécie única não for o bastante para ajudar, usando de tudo que possuímos, material, mental ou espiritual, que independente de religião, possamos nos lembrar que: ” A quem muito foi dado, muito será exigido; e a quem muito foi confiado, muito mais será pedido”.(Lucas, 12-48)

Que possamos crescer em nossa humanidade, sempre. 

Alda M S Santos 

Só por hoje

Só por hoje gostaria de sentir o amor Dele. Poder vê-Lo, falar com Ele, tocá-Lo, sentir Seu amor infinito. Só por hoje, queria sentar-me em Seu colo como criança que esfolou o joelho e chora, sentir Suas mãos em meus cabelos suavemente. Só por hoje, ouvir Sua voz calma e sábia dizendo que amor não é pra doer, que trabalho não é tudo, que família se desentende mesmo, que aquele exame não será nada, que os anos chegam para quem merece. Só por hoje, queria que Ele caminhasse ao meu lado, acertasse o passo comigo, me desviasse das trilhas sem saída, das pedras que machucam, pois tenho chorado a toa. Só por hoje, dar-me as mãos, olhar-me nos olhos e saber tudo que sinto, dizer-me que quem ama também erra, que os filhos são pro mundo, que a saudade deve ser doce. Só por hoje receber um abraço bem longo e apertado que afastasse tudo que dói ou machuca da mente e do coração.

Não que eu não saiba de tudo isso, mas é que sou frágil e preciso ser lembrada.

Se não for possível Ele vir pessoalmente, que me faça percebê-Lo, num bom dia sorridente de um colega, no beijo de “vá com Deus” dos meus pais, na palavra doce daquele amigo que insiste em ajudar, no abraço gratuito de uma criança, até nas brigas familiares, eu possa perceber Seu amor.

Que O veja naquele pedinte na rua, nas flores que desabrocham, no cachorro que me recebe feliz, na chuva fina que cai, no cobertor que me aquece, no sol que nasce todos os dias e me  permite recomeçar.

Se não for pedir muito, que eu possa dizer “só por hoje” todos os dias de minha vida.

Só por hoje.

Alda M S Santos

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: