PERPETUANDO A ESPÉCIE

Sempre tão ágeis, ariscos e espertos

Instinto de autopreservação aguçado

Quase nunca conseguimos nos aproximar

Basta o amor…

E a vida se põe em risco!

Não veem o perigo se aproximar

Disfarçado de turista, pescador

Ou simples admirador das belezas naturais…

Perpetuar a espécie também é se preservar

Cuidar de si, do outro

Viva o amor!

Alda M S Santos