Busca

vidaintensavida.com

poemas e reflexões da vida cotidiana

Tag

intimidade

INTIMIDADE

INTIMIDADE
É bom ter intimidade
Faz bem, cria afinidade
Intimidade intelectual ativa o pensar
As ideias, o conversar, fazem-nos avançar
É bom ter intimidade
É gostoso, gera autenticidade
Intimidade física dá liberdade
De tocar, abraçar, beijar, se achegar
Fazer amor, seduzir, o outro conquistar
É bom ter intimidade
É prazeroso, mesmo na simplicidade
Intimidade de alma, coração, emocional
Conosco mesmos, com o outro
Como essa não tem igual
Ela carrega a paz consigo
Confiança, segurança, empatia
Poucos a têm, todos a querem encontrar um dia
Alda M S Santos

Intimidade

INTIMIDADE

É bom ser íntimo de alguém
Intimidade de almas, de pensamentos
Intimidade física é bom também
Mas bom mesmo é ser íntimo de si mesmo
Reconhecermos o que sentimos
Saber lidar com desejos e emoções
Chorar, sorrir, enfrentar as frustrações
É bom a gente se sentir em casa com alguém
Chinelos, cara lavada, roupa amassada
Saber onde e como andar, repousar, apenas ali ficar
Sem medo de ser atropelados por um trem
Comungar ideias, pensamentos, um doce momento
Apresentarmo-nos nus, corpo e alma, sem medo para alguém
Isso é boa e desejada intimidade
Apresentarmo-nos nus, corpo e alma para nós mesmos
Isso é a suprema felicidade da intimidade…
Alda M S Santos

Intimidade

INTIMIDADE

Intimidade é aquela relação prazerosa que cultivamos

Com quem nos é especial

Onde tudo podemos dizer, fazer, trocar

Sem nos envergonhar e, com isso, aliviar todo mal

Quem tem boas relações de amor, de amizade

Quase nunca é acometido pela solidão

Encontra nessa pessoa a disponibilidade

E a intimidade que complementa toda boa relação

A intimidade pede reciprocidade

Confiança que se abastece na troca, conexão

Nudez em sua totalidade

Intimidade não só de corpos, mais conhecida como paixão,

Mas intimidade de mente, sintonia

Principalmente, intimidade de almas, magia…

Uma boa intimidade de almas nunca se acaba

Vai além da vida…

Alda M S Santos

Ser amor

SER AMOR
Ser amor é ser sorriso
Sem desvalorizar as lágrimas
É ser abraço, beijo,
Quando tudo parecer ruir.
É ser estímulo, sem negar o colo.
É ser companhia, participação, interatividade,
Sem negar-se a si mesmo e às suas vontades.
É ser admiração, respeito, confiança, intimidade,
Sem fechar os olhos para os defeitos,
Mas mantê-los bem abertos para o essencial
Que encanta, aquece e amortece qualquer mal
Simplesmente por existir e estar ali.
Alda M S Santos

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: