Busca

vidaintensavida.com

poemas e reflexões da vida cotidiana

Tag

fonte

Dessa fonte

DESSA FONTE

Quero beber dessa fonte…

Quero beber dessa fonte cristalina de vida
Que mata minha sede, me dá guarida

Quero beber dessa fonte de bondade, solidariedade
Que me torna.mais humana, sem tanta vaidade

Quero beber dessa fonte de sabedoria
Que abastece minh”alma de força e energia

Quero beber dessa fonte de calor fraterno
Que aquece tal qual lareira em pleno inverno

Quero beber dessa fonte de luz
Que me guia, me ampara, me conduz

Quero beber dessa fonte de carinho, de afeto
Que me dá conforto, uma morada, um teto

Quero beber dessa fonte do mais puro e singelo amor
Que é vida, luz, sabedoria, energia, calor

Também é morada, colo, desejo, ardor
Que pacífica e deixa minh’alma perfumada em flor

Quero beber dessa fonte…

Alda M S Santos

Ai, que vontade que dá!

AI, QUE VONTADE QUE DÁ!

Uma fonte numa linda praça no centro da cidade 

Um calor de lascar, uma criança seminua a correr na água e voltar

Um ciclista a se refrescar

Jovens “malucos” a correr na água e a sorrir…

Ai, que vontade que dá!

Uma senhora que te abraça e te aperta

Que segura sua mão, conta sua história e se lamenta, carente de afeto

Quer você, precisa de você, confia em você,

Como se te conhecesse a vida toda.

Ai, que vontade que dá! 

Uma criança que te sorri, te chama a brincar, a pular, a contar-lhe uma história.

Ai, que vontade que dá!

Um amanhecer claro, ensolarado, poucas nuvens brancas a correr no azul do céu, 

Deitar-se no chão, sentir o calor do sol aquecer cada parte de seu corpo e agradecer a vida. 

Ai, que vontade que dá! 

Um domingo inteiro pela frente, sem nenhuma programação, livre, a ser preenchido como quiser…

Ai, que vontade que dá! 

Alda M S Santos

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: